Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2010
-Traduzir-se
-
Uma parte de mim
é todo mundo:
outra parte é ninguém:
fundo sem fundo.
Uma parte de mim
é multidão:
outra parte estranheza
e solidão.
Uma parte de mim
pesa, pondera:
outra parte
delira.
Uma parte de mim
almoça e janta:
outra parte
e espanta.
Uma parte de mim
é permanente:
outra parte
e sabe de repente.
Uma parte de mim
é só vertigem:
outra parte,
linguagem.
Traduzir uma parte
na outra parte
— que é uma questão
de vida ou morte —
será arte?
-
Ferreira Gullar--♫_________ ♪-_♪__Encontro CulturalDivulgue gratuitamente sua programação cultural_♪... Leia mais:WWW.BANALIDADESCULT.BLOGSPOT.COM♪__&&&&&&&&&&&&&&Jovens diretores dão o tom em BrasíliaFonte: folha.uol.com.br30/11Festival reuniu a produção de cineastas iniciantes, de marca autoral e forjada nos circuitos dos cineclubes